MISSIONÁRIO ESDRA - GAÚCHA DO NORTE-MT - INDÍGENAS

Gaúcha do Norte-MT, 10 de setembro de 2020.

 

 

AOS AMADOS IRMÃOS INTERCESSORES E MANTENEDORES

 

Com muita alegria me dirijo a cada um dos amados irmãos, fazendo votos de que tudo vá bem e que esteja desfrutando das mais ricas bênçãos de Deus. Compartilho este texto bíblico com os amados: Aquele que supre a semente ao que semeia e o pão ao que come, também lhes suprirá e aumentará a semente e fará crescer os frutos da sua justiça. 2 Coríntios 9:10.
 

Agradecemos, de todo nosso coração, as orações feitas e as ofertas enviadas a nós. Tenha certeza que foi investido em boa terra. Com isso pudemos ser supridos, espiritualmente com a oração, e materialmente através das ofertas. Sentimo-nos fortalecidos e animados para desenvolvermos a obra de Deus.
 

Este ano tem sido muito diferente, devido à pandemia do COVID19. Como realizamos um trabalho de plantação de igrejas e evangelização entre povos indígenas do Alto Xingu, ficamos impedidos de ir às aldeias, devido à imunidade baixa que muitos têm. Porém, apesar de tudo, vimos o cuidado e a direção de Deus em toda essa situação. Não nos abatemos, continuamos animados a fazer o trabalho de Deus, concentrando-nos no fortalecimento da igreja na cidade, realizando cultos, discipulando, ministrando ensino para casais, e ainda realizamos um batismo.
 

Quando o vírus chegou forte à cidade, no final de junho, as autoridades municipais assinaram um decreto proibindo a realização de cultos, devido à aglomeração. Ficamos quase dois meses parados. Nesse período, no começo de julho, minha esposa e eu fomos contagiados pelo Coronavírus e passamos mal durante uns quinze dias.  Louvamos a Deus, pois tivemos boa recuperação.  Minha maior alegria foi receber  mensagens dos irmãos dos locais onde estamos desenvolvendo trabalhos de evangelização, dizendo que estavam orando por nós. Para quem conhece o contexto desse povo, que não sabia quem era Jesus e agora está orando, foi motivo de glorificar a Deus.
 

Logo que saímos do isolamento, tivemos a alegria de receber o Pr. Manoel e quatro irmãos da IPR do Gama, que trouxeram kits de higiene e cestas básicas, que foram distribuídos nas aldeias, com as quais trabalhamos. Deus fez maravilhas, abrindo portas para que pudéssemos chegar às aldeias, com todo o cuidado possível, usando máscara, higienizando sempre as mãos e mantendo o distanciamento.
 

Para nossa surpresa, uma etnia, que até então era fechada à pregação do evangelho, abriu as portas para receber a palavra de Deus. A liderança daquela comunidade entrou em contato conosco, para que fossemos lá orar por eles. Fomos, eu e o pr. Manoel. Os dias que estivemos ali foram de muitas bênçãos. Glória a Deus, porque Ele está no controle de tudo.
 

Estamos dando continuidade ao nosso trabalho, discipulando os irmãos indígenas, que vêm à minha casa receber orientação e aos não indígenas que participam dos cultos conosco. Louvamos a Deus porque, se chegamos até aqui, foi primeiramente por causa do dEle e pela ajuda e parceria dos amados, que têm orado por nós e investindo com ofertas para a nossa manutenção neste lugar. Exaltado seja o nome do Senhor Jesus na vida de cada um.
 

Motivos de oração:
 

  • Nossa saúde.

  • Estudos dos meus filhos (Rebeca e Esdra Neto)

  • Construção do Templo e casa de apoio aos irmãos indígenas desta região.

  • Etnias do Alto Xingu,  para que o evangelho seja forte entre eles, mesmo diante das oposições.

  • Aquisição de uma camionete para realizar os trabalhos de visitação nas aldeias.

  • Sabedoria para transmitir a palavra de Deus.

                                                                                                                                                                                                                           
Com alegria e amor do nosso Senhor Jesus Cristo, agradecemos de todo nosso coração aos amados pela parceria conosco no campo missionário, receba nosso carinho e abraço.

De Missionária Rosana, Pr. Esdra, filhos: Rebeca e Esdra Neto.

01
02
04
03