Notícias da China

China, Janeiro de 2019

Sem foto.jpg

Querido Intercessor e Mantenedor,

Graça e Paz, Saúde e Vida!


            Aqui está tudo bem. No Natal, melhor época para compartilhar a Palavra, enviei mensagens a todos os meus contatos do celular, explicando o verdadeiro sentido o Natal. Como introdução, uso João 3.16. As reações são as mais diversas – desde a reciprocidade passando pela indiferença, silêncio e até casos de indignação. Mas estamos semeando, esperando que alguma semente venha brotar.

O ano Novo chegou com os seus desafios, pois aqui 2019 é o ano do porco. O mercado está cheio de porquinhos de pelúcia, de porcelana, podendo também ser encontrado como pingente de ouro. Isso leva a pessoa que nasceu no ano do porco a ser identificado com características positivas e negativas do referido animal. Que triste engano! Quem não tem a paternidade de Deus se deixa levar e ser moldado pelas crenças. Isso causa feridas emocionais, pois quem nasceu no ano do Dragão menospreza quem nasceu no ano do porco. E assim o ser humano nasce rotulado.

Vencer esse mundo e a cegueira espiritual só é possível através da Verdade que traz libertação – Jesus Cristo!

Desafios estão sempre à espreita, principalmente para estrangeiros. Tentei abrir uma conta e em dois bancos recusaram, pois sou estrangeira. Outro banco fez todo o processo, deu-me até cartão, mas tenho que esperar um mês para poder movimentar a conta. Na primeira vez em que estive aqui poderia abrir a conta em qualquer banco. Aqui, através de uma conta, com o App no celular, adquire-se um código. Com este, faz-se tudo: compras, pagamentos, etc. O dinheiro ainda circula, mas é pouco. Na comunidade em que frequento, a oferta é transferida na hora da reunião para o código que é fornecido.

Estou feliz, pois percebo que meu mandarim está melhorando! Todos os dias agradeço ao pai pelo pão de cada dia e por Sua compaixão em me dar um lugar em seu Reino. Estar livre de todos os sofismas e liberta do Reino das trevas é motivo de júbilo por toda a eternidade! Aleluia!!!

Contamos com seu apoio.


No amor do pai,

Miss. Edna